Minha experiência com o Cerazette 

      

Oi minha gente querida!

Hoje vim compartilhar com vocês minha experiência com o anticoncepcional Cerazette, que foi recomendação da minha obstetra.

ANTES de engravidar, eu usava o Gracial. Apesar de me sentir um pouco enjoada, todo dia, achava ótimo pelo resultado incrível em relação à minha pele! Eu não tive espinhas enquanto fiz uso dele, por quase 4 anos. Ele tem aquela pausa de 7 dias (onde eu “menstruava”) e retornava à tomar após este período. 

Bom, eu retirei os pontos da cesárea com 15 dias (foram apenas 3 pontos, pois na minha cicatriz foi utilizado cola cirúrgica)! Na ocasião, minha obstetra me perguntou qual método anticoncepcional eu queria fazer uso e eu falei: “pílula”, que foi o que eu sempre usei. Então ela me deu uma amostra do Cerazette, que é muito recomendado para quem amamenta, pois ele contém apenas progestagênio isolado e não transfere para o leite (nem altera sua qualidade e quantidade). Minha obstetra disse que, por esta razão, se eu esquecesse de tomar a pílula algum dia, eu deveria usar camisinha por pelo menos os próximos 8 dias (caso eu tivesse relação sexual neste período). Ela me falou também que o esquecimento da pílula poderia me dar o famoso “sangramento de escape”. Ah, o Cerazette é um anticoncepcional de uso contínuo, ou seja, não há pausa, então a mulher não “menstrua” .

Ela me falou que era para eu começar a tomar apenas quando a Rafaella completasse 2 meses, e assim o fiz. É muito comum lermos por aí que enquanto a mulher amamenta ela não ovula, mas isso não é verdade! Quantos relatos existem de mulheres que, mesmo amamentando, engravidaram? Vários!! Por isso é importante fazer uso de algum método anticoncepcional, seguindo sempre a orientação do seu ginecologista/obstetra.

Pois bem, quando a Rafaella completou 2 meses eu parei de tomar os polivitamínicos e poliminerais que eu tomei por toda a gravidez e passei a tomar o Cerazzete. Achei fraco, especialmente se comparado ao Gracial, rs. Minha pele começou a encher de espinhas. Mas isso varia conforme o organismo. 

Quando a Rafaella completou uns 5 meses, eu decidi parar de tomar o Cerazette, sem consultar ninguém, por uma única razão: eu queria que meu corpo voltasse a funcionar naturalmente. Eu queria saber se estava tudo certo comigo após a cesárea, afinal de contas, 7 camadas do meu corpo foram cortadas, rsrs. Enfim, eu queria voltar a menstruar naturalmente. Para mim era muito importante o meu corpo mostrar que estava tudo bem, e a menstruação voluntária era este sinal. 

Quando a Rafaella completou 9 meses, lá veio ela: a menstruação! Fiquei radiante e feliz! Rs… Ah, durante o período que interrompi o uso do anticoncepcional, eu e o Rafael usamos camisinha, claro! Não pretendemos engravidar novamente por enquanto!

Aí no dia que a menstruação veio, eu voltei a tomar o Cerazette. Dois meses após o uso eu comecei a ter o famoso sangramento de escape, mesmo sem ter esquecido de tomar a pílula nenhum dia. Fiquei 8 dias sangrando continuamente, com fluxo intenso. Achei muito estranho e parei de tomar novamente. Dois dias depois que parei, o sangramento cessou. Então estou novamente sem tomar pílula. 

Ah, vale ressaltar que o Cerazette não ajudou em nada na minha pele. Tive muitas espinhas durante o uso dele. 

A Rafaella está com 1 ano recém completado e eu marquei outra ginecologista (só consegui vaga em dezembro, ou seja, daqui dois meses). Por hora cessei o uso do Cerazette e estamos nos prevenindo com camisinha, pois achei bem estranho um sangramento tão intenso, por tantos dias, mesmo sem esquecimento. 

Quando eu me consultar, volto a dar notícias sobre o assunto e, se a nova gineco me recomendar outro anticoncepcional, venho compartilhar com vocês a experiência!  

Bjobjoooo

71 comentários em “Minha experiência com o Cerazette 

  1. Eu tomo nactali que é a mesma fórmula do cerAzete. Minha médica diz q depois dos 40 não tem outro pra eu tomar. O que eu faço? Não aguento mais os escapes por vários dias

  2. Ai gente eu nao aguento mais esses sintomas horriveis , pois esse cerazette mim deixa feito louca, com dor de cabeça, enjoo, tonturas, colicas e pior espinhas 😔.
    Ja estou na 4 cartela continua e agora tuve escape ninguem merece deveriam tirar esse remedio do mercado, e lembrando nao tenho bb.
    Usei tamisa 30 sem parar.
    Gestinol 28 sem parar.
    Pietra ed sem parar.
    E agora o cerazette sem parar e um pior que o outro esse ultimo bateu o recorde muito ruim.

  3. Há 2 meses a minha GO me recomendou o cerazette, não penso em filhos no momento mas andei pesquisando bastante e cá estou!!
    Tomei durante 5 anos o gestinol 28 devido as fortes cólicas e ao cisto no ovário e acreditei ter sido a melhor coisa que fiz naquele momento… mas como nada dura para sempre comecei a me sentir mal depois de 5 anos, inchei muito e a oscilação hormonal havia voltado, e diversos sangramentos de escape e parede do útero fina.
    Após os exames a GO me recomendou o cerazette pois tem uma dose hormonal menor, inicialmente senti muita dor de cabeça daquelas que nem remédio cortava. Ainda insisti por mais 2 semanas.
    Logo após este período só vi benefícios, minha rosácea diminuiu, não sinto mais as pernas pesadas, não tenho mais dores de cabeça e ando menos agitada, tanto que até voltei a emagrecer.
    O que nós mulheres temos que tomar cuidado é que não podemos começar ou parar de tomar a medicação sem um acompanhamento médico afinal das contas é hormônio e são eles quem nos controlam. Já tive problemas sérios por este descuido.
    Então.. se a sua go recomendar pode tomar que pelo menos comigo funcionou 😉

  4. Olá meninas!!!
    Estou tomando Cerazette tem uns 20 dias, sendo que no início sentia um pouco de dor de cabeça e enjôo. Graças a Deus passou sendo que a única coisa que me incomoda e uma leve cólica. Será que o o tempo irá passar?
    Pois estou fazendo com uso contínuo.

  5. Olá. Eu tomei o cerazette apenas pq tenho hipertensão e é o mais indicado. Na verdade hipertensa não deve tomar nenhum anticoncepcional. Mas tomei por muito tempo. Em 2008 parei o yasmim no susto pq achei q tive sintomas de trombose. Fiquei sem nada até engravidar em 2010. Depois q meu filho nasceu fui pro Myrena (diu) por conta da hipertensão tb (é indicado). Usei por 5 anos e não quis renovar … (ainda não tinha decidido se queria engravidar dnovo e optei por pílula) o cerazette, único indicado p hipertensa. Confesso q sempre falhei ele um dia ou outro… mas não cheguei a menstruar e muito menos fiquei grávida. Agora parei total, minha intenção não era tomar por toda a vida, afinal qualquer método é contra-indicado pra hipertensa.. exceto camisinha rsrs (q tenho alergia, por sinal e praticamente não uso). Já tem umas 3 semanas q parei a pílula mas nada de menstruação. Às vezes cólica fraca e o seio super dolorido. Não tenho interesse em voltar a tomar qualquer pílula e se acaso engravidar eu faço a laqueadura já no parto rsrs (tb autorizado p hipertensa)… aliás, muitos obstetras não recomendam nem o primeiro filho p hipertensa… rsrs (mas tô bem viva aqui…) – desculpem o textão… apenas desabafo de experiências… (34 anos tenho no momento – se restou curiosidade…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s